Assistência Social Beneficente de Resgate e Amparo à Criança

Banco de Alimentos ampliará ações de combate à fome

 

São Bernardo passa a contar, a partir desta sexta-feira (9/12), com o Banco de Alimentos. Ele será inaugurado pelo prefeito e é resultado de um convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Ao todo, foram investidos em obras e equipamentos cerca de R$ 723 mil.

O Banco de Alimentos tem como objetivo arrecadar alimentos, por meio de articulações com unidades de comercialização, armazenagem e processamento, visando o recebimento de doações fora dos padrões de comercialização e sem restrição de caráter sanitário, ou seja, alimentos inadequados para comercialização, mas próprios para consumo humano.

Ele ficará instalado no Galpão B da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc), na Avenida Redenção, 271, no Centro.

O banco já conta com a parceria dos Supermercados Sonda e Coop e das Secretarias de São Bernardo, nas quais há o recolhimento de alimentos.

Após a seleção e classificação, os alimentos serão distribuídos gratuitamente para entidades assistenciais do município, de acordo com suas reais necessidades de consumo.

O programa também ministrará, às instituições atendidas, palestras e realizará oficinas culinárias sobre a manipulação e aproveitamento integral dos alimentos, como o uso de cascas, folhas e talos na preparação de comidas. E, com isso, evitar desnutrição e subnutrição.

 

Para firmar parceria, as entidades sociais e ou comissão de moradores de núcleos habitacionais deverão atender aos seguintes requisitos:  

1) Desenvolver ações de inclusão social, que atendam a grupos populacionais vulneráveis, como os de creches, asilos, albergues e entidades educacionais;

2) Entidades de atendimento a famílias que desenvolvam ações de promoção social, tais como: cursos profissionalizantes para adolescentes, jovens e adultos, capacitações de modo geral, ações de geração de renda e de acompanhamento a famílias em vulnerabilidade e carência alimentar e nutricional;

3) Apresentar estrutura adequada para a retirada, manipulação e armazenamento dos alimentos, tais como espaço físico, caixas plásticas, veículo, entre outros;

4) Atender pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional, residentes no município de São Bernardo do Campo e que estejam preferencialmente em áreas de exclusão social, conforme mapa da Secretaria de Assistência Social;

5) Estar localizada em regiões que ainda não tenham atendimentos do Programa Banco de Alimentos.

Você também vai gostar de ver:

1 Comentário
  1. Poxa adorei esta noticia heim será que vcs da ASSISBRAC vão se cadastrar para receber e distribuir estes alimentos porque tenho parentes e também amigos na região de vcs que na situação sitada acima que hoje sobrevive apenas com a ajuda dos amigos, se por acaso participaram por favor coloquem no site ai estas pessoal necessitadas podem procura-los e nós também podemos completar esta ajuda doando mais alimentos para completar a cesta básica ok?

Endereço

Rua dos Macucos, 14
Pq. dos Pássaros
SBCampo
(11) 4392-7492