Assistência Social Beneficente de Resgate e Amparo à Criança

Brasil avança nos indicadores sociais

Estudo do Pnud mostra que o Brasil avança nos indicadores sociais

“O Brasil está entre os 36 países que subiram no ranking nos últimos anos”, ressalta a ministra Tereza Campello, responsável pela coordenação do Plano Brasil Sem Miséria

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, destacou que o relatório do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), mostra que o Brasil avançou nos indicadores de forma consistente e sistemática nos últimos anos. A declaração da ministra ocorreu durante entrevista coletiva sobre os resultados do relatório divulgado nesta quarta-feira (2).

“O Brasil está entre os 36 países que subiram no ranking nos últimos anos”, ressaltou a ministra, responsável pela coordenação do Plano Brasil Sem Miséria. Tereza Campello acrescentou que esses impactos decorrem da construção de políticas sociais nos últimos anos. A ministra lembrou que o IDH ainda não reflete resultados da evolução do Programa Bolsa Família, da política de correção do salário mínimo e da agricultura familiar, porque os dados usados pelo Pnud se referem a 2006. Nessa época, os v alores da transferência de renda ainda não tinham sido reajustados.

A ministra revelou que o Governo Federal solicitou ao Pnud, no início do ano, a incorporação de estatísticas mais recentes, mas o pedido não foi atendido. Ela acredita que os resultados terão impactos maiores no próximo ano. Tereza Campello citou, por exemplo, o avanço na área de eletricidade com o Programa Luz para Todos. O Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) foi outra iniciativa que ampliou o investimento de R$ 2,4 bilhões, em 2003, para 16 bilhões, em 2011. O relatório aponta que o Brasil subiu uma posição entre 2010 e 2011 e está em 84º entre 187 nações.

Tereza Campello apontou que o relatório traz avanços do Brasil em relação à expansão de água e saneamento, além de indicar que 98% das famílias têm acesso a combustível moderno no  preparo da alimentação, ou seja, usam o gás de cozinha. Outra iniciativa que combina desenvolvimento com sustentabilidade foi o programa brasileiro do etanol como combustível capaz de reduzir a poluição.

A ministra finalizou informando que o casamento das políticas sociais combinadas às ações de sustentabilidade do Brasil será apresentado na Rio +20, Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, que será realizada no Rio de Janeiro em 2012.

 


Você também vai gostar de ver:

2 Comentários
  1. Maravilha heim espero que continuemos no caminho certo. Vamos lá BRASIL

Endereço

Rua dos Macucos, 14
Pq. dos Pássaros
SBCampo
(11) 4392-7492