Assistência Social Beneficente de Resgate e Amparo à Criança

Creche para que?

 

No Brasil, as primeiras creches surgiram devido às modificações sociais ocorridas, em decorrência da nova estrutura de trabalho que afetaram a organização familiar e provocaram o afastamento da figura materna do lar, pois elas deixaram a casa e os filhos para trabalhar.

“Entendidas como mal necessário às creches eram planejadas como instituição de saúde, com rotinas de triagem e preocupação com a higiene do ambiente físico”. 

Naquele período, entretanto, o atendimento nas creches era voltado para aqueles menos favorecidos economicamente, como estratégia para combater as deficiências nutricionais, culturais e cognitivas. Assim, é importante ressaltar que a educação oferecida pelas creches esteve pautada numa concepção assistencialista com a finalidade de combater a pobreza e suprir as carências das crianças das camadas populares.

“Entendidas como mal necessário às creches eram planejadas como instituição de saúde, com rotinas de triagem, lactário, pessoal auxiliar de enfermagem, preocupação com a higiene do ambiente físico”. (OLIVEIRA, 2005, p 100)

A conquista desse direito representou uma mudança significativa na realidade educacional brasileira, principalmente nas creches e pré-escolas, que passaram a ser reconhecidas como instituição educativa e não mais assistencial. Dessa maneira, na década de 90, o Brasil presenciou uma conquista extremamente importante, pois a educação infantil foi definida como a primeira etapa da educação básica, como afirma o artigo 29 da Constituição Federal.

Os avanços acima descritos originaram uma série de mudanças e impulsionaram a elaboração do Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil no Brasil o RCNEI, cuja publicação ocorreu em 1998. Trata-se de um documento que se constitui a partir das concepções de criança, infância e educação, como um elemento orientador de ações na busca da melhoria de qualidade no ensino voltado para o público infantil a fim de que sejam respeitadas as necessidades pedagógicas da criança.

Sendo assim qual é a importância de matricular uma criança na creche em tempos contemporâneos?

Segundo o RCNEI a identidade é constituída por todas as características que diferem uma pessoa da outra como: nome, características físicas, modos de agir, pensar e história pessoal. Este processo é gradativo e é conquistado de acordo com as interações sociais estabelecidas pelas crianças, nas quais, ela alternadamente imita e se confunde com o outro para diferenciar-se dele.

Nesta construção da identidade o meio em que a criança interage é fator fundamental: família, relações sociais, diversidade étnica e cultural. O ingresso na instituição infantil também é muito importante. “[…] Em vista da possibilidade de conviverem com outras crianças e com adultos de origens e hábitos culturais diversos, aprender novas brincadeiras, de adquirir conhecimentos sobre realidades distantes”. (BRASIL, 1998, v.2 p13).

 Hoje a creche atua com o binômio Cuidar e Educar que significa propiciar situações de cuidados, brincadeiras e aprendizagens orientadas de forma sistemática, contribuindo para o desenvolvimento da relação interpessoal. Trabalhamos a autonomia da criança incluindo  respeito, afeto no intuito de estabelecer confiança para o acesso aos conhecimentos de ordem social e cultural.


Você também vai gostar de ver:

1 Comentário
  1. è isso ai realmente hoje creche como a que vcs administran com maestria são nescessaria neste pais

Deixe uma Resposta.

*

Quem Mais Comenta

  1. Profª.Vania Barros Profª.Vania... (25)
  2. Carlos Eduardo Carlos Eduardo (9)
  3. Gislaine Gislaine (7)
  4. Jurandir Jurandir (6)
  5. Messias Messias (6)
  6. Toninho Ramiro Toninho Ramiro (6)
  7. Dennis Dennis (5)
  8. Elizeu Santos Elizeu Santos (5)
  9. lia lia (5)
  10. Joelson Joelson (3)

Endereço

Rua dos Macucos, 14
Pq. dos Pássaros
SBCampo
(11) 4392-7492