Assistência Social Beneficente de Resgate e Amparo à Criança

Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo

 

Pelo terceiro ano consecutivo, entidades públicas e organizações civis promovem, na última semana de janeiro, atos para marcar o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo (28 de janeiro). As atividades estão programadas em vários estados, para chamar a atenção sobre o problema e avançar na erradicação do trabalho escravo.

O Sistema Único de Assistência Social (Suas) é responsável por incluir no Cadastro Único trabalhadores extremamente pobres resgatados em condições sub-humanas por fiscais do trabalho. Essas pessoas também passam a receber os benefícios dos programais sociais, quando tiverem renda inferior a R$ 140.

Em 2012, a mobilização inclui atividades no Fórum Social Mundial Temático, em Porto Alegre. No sábado (28) haverá um debate com a presença da ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, e do procurador-geral do Ministério Público do Trab alho, Luiz Antônio Camargo. Eles analisarão a relação entre trabalho escravo e danos ao meio ambiente.

O Fórum Social Mundial deste ano será temático e prepararatório para a Rio+20, em junho. Além da discussão no Rio Grande do Sul, estão previstas atividades em pelo menos mais seis estados.

O 28 de janeiro foi oficializado como o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, em homenagem aos auditores do trabalho Erastóstenes de Almeida Gonçalves, João Batista Soares Lage, Nelson José da Silva e o motorista Ailton Pereira de Oliveira, mortos nessa data, em 2004, durante fiscalização na zona rural de Unaí, em Minas Gerais.


Você também vai gostar de ver:

Endereço

Rua dos Macucos, 14
Pq. dos Pássaros
SBCampo
(11) 4392-7492